Gestores públicos protestam contra SGA e ameaçam travar pagamentos dos servidores do Estado

0

Técnicos e gestores públicos se reuniram na manhã de quarta-feira na Assembleia Legislativa do Acre para solicitar ajuda dos deputados estaduais para destravar o canal de diálogo com a Secretaria de Gestão Administrativa (SGA), onde buscam o pagamento de vantagens adquiriras e promoções residuais.

O presidente do Sindicato dos Gestores, Gerliano Cavalcante, afirmou à imprensa que diante da falta de resposta da secretária de Gestão Administrativa, Maria Alice, que sequer os recebem, poderá haver greve e travamento no pagamento dos servidores do estado.

“Poderá haver um colapso no atendimento, pois estamos em toda a estrutura do Estado, nos 22 municípios e tem ainda o fato de que a folha de pagamento poderá ser comprometida diante da falta de quem trabalhe nela”, diz.

Os gestores e técnicos, como é o caso de Clauber Wisnee, dizem que Maria Alice, titular na SGA, travou os canais de diálogos e não responde aos documentos protocolados naquela secretaria.

“Até o governador já nos recebeu e bem, mas o problema é quando passa para a secretária Maria Alice resolver porque ela trava tudo e nem nos recebe. Temos documentos protocolados junto à secretaria e pedidos para que fôssemos recebidos, mas nada resolveu ainda”, diz.

“Cerca de 600 servidores compõem a categoria de técnicos e gestoras que lutam para serem ouvidos pela SGA, por promoções retroativas acumuladas até 3 anos”, conclui.

Comentários

comentários