Empresário deixa partido da FPA por não aceitar aliança com o PT, “partido que afundou o Acre”

0
Jarbas deixa PHS, partido ligado à Frente Popular

Na última segunda-feira (9), o empresário do ramo da construção civil, Jarbas Soster, anunciou, via publicação em rede social, que irá se desfiliar do Partido Humanista da Solidariedade (PHS). Soster que aguardou até a última hora um posicionamento de desligamento da direção estadual com a coligação liderada pelo PT no estado, alegou incompatibilidade ideológica e frisou que é impossível ficar do lado do PT diante de tantas ingerências públicas.

Em entrevista à Folha do Acre, Jarbas afirmou que o Acre necessita de alternância de poder, que o PT jogou o Acre em um atraso de décadas e que é impossível se aliançar com qualquer partido que comungue ideologicamente do que ele qualificou como valores de esquerda ultrapassados.

O empresário afirmou, ainda, que não ficará filiado em uma sigla aliada de partidos como PT que respondem inúmeros processos judiciais em suas gestões. Jarbas garantiu que não passará por cima de suas convicções para apoiar o que chama de retrocesso político.

Veja a nota na ìntegra:

Senhores dirigentes do PHS,

Comunico a vossas senhorias que estou desistindo da legenda, visto a pragmática do PHS, cuja intenção é apoiar partidos de esquerda. Não posso sob nenhuma hipótese e até mesmo por mero interesse passar por cima de minhas convicções e de meus posicionamentos para apoiar o partido que afundou o Acre em pobreza, fome, miséria e violência.

Sou crítico à gestão que vem causando morte, depressão e tristeza ao povo do Acre. O PT precisa enfrentar a derrota e ficar do lado de fora do governo para explicar as denúncias que pesam sobre suas gestões.

Entrei no PHS para fortalecer a legenda e levá-la para o melhor projeto que pudesse estancar os maus feitos de duas décadas de desmandos. Nesse sentido, continuarei com meu ativismo político, mas com compromisso com as pessoas que podem mudar o que está aí.

A partir de hoje, comunico minha desfiliação partidária.

Aos amigos e simpatizantes não faltarão novas oportunidades.

Atenciosamente,

Jarbas Soster

Comentários

comentários