Em reunião com os três poderes, Gladson fala em Plano de Ajuste Fiscal nas contas do Estado

0

Durante a manhã desta sexta-feira (18), o governador Gladson Cameli (PP) participou de uma reunião, no Palácio Rio Branco, com representantes dos três poderes para explicar as mudanças que ocorrerão na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que foi modificada após votação nesta semana na Assembleia Legislativa do Acre.

Cameli afirmou que há uma conta e que alguém tem que pagar, fazer o sacrifício. “Não vou governar só. A realidade é que tem uma conta e alguém tem que pagar, alguém vai ter que fazer o sacrifício. O que não dá é que tomem as decisões, que fiquem na dúvida e que não encontremos uma solução”, diz.

O governador afirmou que a o governo está fazendo todo o esforço necessário para garantir os repasses constitucionais, mas frisou que é preciso ajustes.

“Nós estamos vendo aí o que o governo federal tem cobrado muito que é o Plano de Ajuste Fiscal (PAF)”, diz.

Presidente da Aleac, deputado Nicolau Junior

O presidente da Aleac, Nicolau Junior (PP), afirmou que considera importante o debate e que foi salutar o governador ter esclarecido as mudanças na LDO.

“Achei importante destacar que toda discussão sobre a LDO foi feita respeitando todos os trâmites legais, obedecendo todos as questões do Regimento Interno do parlamento acreano. Fiz questão de reafirmar o comprometimento do Poder Legislativo com as ações do Executivo, precisamos estar alinhados para que sejam feitas as mudanças que o povo merece no Estado. Seguirei empenhado para garantir uma relação de respeito, transparência e diálogo com o governo do Acre. Se o Acre precisa de ajustes fiscais para garantir o funcionamento da máquina então o governo poderá sim contar conosco”, diz Nicolau.

Comentários

comentários