Deputado Wagner Felipe a serviço da inclusão social dos mais carentes e um pastor que não defende placa de igreja

0
Deputado Wagner Felipe

O deputado Wagner Felipe, líder do Partido Liberal (PL), antigo Partido da República (PR), é um político da nova geração, que vê, pensa e faz política partidária de uma maneira menos convencional do que aquela mesmice de briguinhas por espaços, conchavos e discursos demagogos.

Em 7 meses de mandato, Wagner Felipe, que é pastor consagrado pela Assembleia de Deus de Madureira, não misturou a política com religião durante suas atuações em comissões e, tampouco, na tribuna da Assembleia.

O deputado também é conhecido por não usar a tribuna para fazer ‘cabo de guerra’ com eventuais adversários políticos ou discursos demagogos.

“Uso quando tenho proposta, quando tenho o que falar, quando quero apresentar uma indicação. Considero uma honra poder estar na tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), representando o povo do Acre, honro aquele lugar e os votos que recebi e, portanto, não uso para discursos pequenos”, diz.

Wagner Felipe que talvez por conta da formação religiosa que prioriza a ajuda ao próximo tem seu mandato pautado na inclusão social.

“As vezes eu subo na tribuna para apresentar indicação para a recuperação de um ramal, como por exemplo o Espinhara, local distante e que muitos nem conhecem e daí podem pensar que minha atuação é pequena, mas não é. Estou na verdade tentando ajudar centenas de famílias que vivem na pobreza e no anonimato. Pode parecer uma ação pequena, mas garanto que é de grande importância para os produtores rurais que receberão o benefício”, diz.

Recentemente, no dia 7 de agosto, Wagner Felipe apresentou indicação

Na sessão do dia 7 deste mesmo, o deputado Wagner Felipe apresentou uma indicação solicitando do governo do Estado reparos e manutenção na camada asfáltica da Estrada do Quixadá, no trecho entre a cidade de Rio Branco e o Sítio Histórico Quixadá.

Segundo o parlamentar, a presente indicação tem por objetivo atender à reivindicação da comunidade de forma a garantir a trafegabilidade com segurança dos usuários da estrada e, principalmente, o escoamento da produção.

“A comunidade do Quixadá é um dos principais polos produtivos de produtos hortigranjeiros que abastece o mercado de Rio Branco, e os produtores tem encontrado dificuldade no transporte destes produtos pela situação caótica que se encontra a estrada, que é a principal via de acesso ao mercado consumidor. Peço então que o órgão competente avalie essa possibilidade em caráter de urgência, pois essa é uma antiga reivindicação dos moradores da estrada”, disse.

O deputado também apresentou indicação pedindo que o governo do Estado estude a possibilidade junto à Secretaria de Estado de Educação (SEE) da realização de uma reforma na Escola Estadual Rural Nova Vida, situada na BR 364, Ramal do Espinhara km 15, no município de Bujari.

Deputado busca melhorias para os produtores rurais

Segundo ele, as instalações físicas da escola apresentam sérios problemas ocasionados, principalmente, pelo desgaste do tempo e a falta de manutenção e reparos adequados.

“Peço que a Secretaria de Educação faça essa reforma em caráter de urgência para que se possa oferecer uma melhor qualidade no ensino aos estudantes, o prédio realmente está numa situação precária. Vale ressaltar que 95% dos alunos daquela escola são de baixa renda, pertencentes a famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família do Governo Federal”, salientou.

Focando em solicitar ao governo ações que atendam comunidades de baixa renda, preocupado com o polo produtivo do Acre, principalmente o pequeno produtor, Wagner Felipe pretende focar em projetos de lei que os auxiliem.

“Quero estudar uma forma de ajudar cada vez mais os produtores rurais, são eles a mola motora da nossa economia local e o mandato que o povo me deu é um importante instrumento para isto e irei usá-lo da melhor forma possível”, diz,

Outro foco de trabalho do deputado Wagner Felipe é a geração de emprego e renda. “Sei que como legisladores podemos fazer muitas coisas, embora claro que tenhamos limitações, mas podemos criar mecanismos que ajude o Acre a diminuir”.

Um pastor na política e a renovação de pensamento

Wagner Felipe, pastor de uma das igrejas pentecostais mais tradicionais da cultura cristã, é um homem simples, de fala tranquila, visão religiosa abrangente, que não defende placa de igreja e defende um estado laico desde que se mantenha intacto os direitos básicos da sociedade que tem como principal embrião a religião.

“Acredito num pais democrático e que tenha representações de todas as áreas, inclusive do seguimento evangélico. Sou um representante cristão, mas isso não quer dizer que eu trabalhe em prol apenas deste seguimento, aqui na Aleac estou para trabalhar por todo Acre”, diz.

Wagner Felipe diz que as igrejas possuem um papel fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

“A igreja possui um papel muito importante na sociedade e muitas vezes ela é mal interpretada. A igreja tem como premisssa acolher a todos, sem distinção, trabalhar a ressocialização e não falo de denominações falo da igreja em geral. Nos presídios vemos as igrejas evangélicas e católica realizar um grande trabalho de ressocialização. Não defendo placa de igreja, defendo os princípios da bíblia”, diz.

Wagner Felipe diz que o conceito de laicidade do Estado é um conceito mal interpretado. Segundo o pastor e deputado, o fato do Estado não ter uma religião oficial não quer dizer que deva trabalhar em separado dos movimentos cristãos.

“Há uma carência do Estado em reconhecer o papel da igreja. Temos que trabalhar em parceria, temos que nos unir contra a violência e outras mazelas. Precisamos renovar nosso pensamento com relação ao conceito de religião que as pessoas confudem com religiosidade e placas de igrejas”, diz.

Comentários

comentários