Deputado quer que Aleac vote projeto que terminou com xingamentos e ovadas em vereadores

0

O polêmico projeto apresentado e aprovado na Câmara de Rio Branco que estabelece o “Estatuto da Família” pode parar nas mãos dos deputados. Assim vislumbra o deputado, Jairo Carvalho (PSD) que pediu hoje (12), ao usar da tribuna, que os seus pares apresentem a matéria nas comissões e depois no plenário da Casa de Leis.

“Não sei se estão querendo esconder o Estatuto da Família. Eu como líder da banca dos evangélicos nessa casa, quero que o estatuto seja apresentado e votado pelos deputados. Quero saber por onde anda, já procurei nas comissões mais não achei. É um pedido, apresentado pelo presidente da Associação de Ministros dos Pastores e Evangélicos do Acre. Quero tornar esse estatuto público”, questionou.

O parlamentar disse também que na próxima semana, caso não encontre a matéria, fará apresentação por meio de seu gabinete e depois enviará para as comissões. De antemão, Jairo até pressionou os seus colegas. “Tenho certeza que essa casa vai fazer como a Câmara. Vai aprovar o Estatuto da Família. Que vai fortalecer a instituição família que é um pilar de qualquer sociedade”, concluiu.

Na Câmara de Rio Branco, o projeto foi aprovado por 10 votos favoráveis e três contra. Na prática, o “Estatuto da Família” retira os casais gays do conceito de família e passa a influir apenas para casais heterossexuais. A matéria ganhou tanta repercussão que após a votação, membros da comunidade LGBT atacaram com ovos, no meio da rua, os vereadores Célio Gadelha e N. Lima.

Comentários

comentários