Ulysses tem tudo para crescer, mas deve se desligar de nomes da velha política

0

Chantagem eleitoral

O presidente da Associação dos Homossexuais do Acre, Germano Marino, afirmou que considera como “chantagem eleitoral” a nota da Associação dos Ministros do Acre (Ameacre) destinada ao governo do Estado onde os pastores reclamam de boicote por serem contra temas polêmicos como ideologia de gêneros, aborto e liberação da maconha.

Nota eleitoreira

De forma objetiva e clara, como Germano costuma ser, o ativista chamou a nota de eleitoreira e eivada de interesses.

Não foi o único

Germano Marino não foi o único a considerar a nota da Ameacre pintada de tons políticos e interesses ocultos. Dezenas de internautas comentaram que Paulo Machado, presidente da Ameacre, é na verdade um simpatizante da campanha de Gladson Cameli (PP) e que a nota teria claros interesses eleitorais em prejudicar um já manchado governo petista.

Deveriam cuidar da pregação do Evangelho

Por via de regras, as igrejas deveriam evitar esse tipo de divisão e brigas. Deveriam priorizar a pregação do evangelho, como recomenda a Bíblia.

MDB retorna a aliança com o PSD

A direção estadual do MDB voltou atrás e procurou o PSD para pedir que a coligação seja mantida. Flaviano Melo tomou a atitude dias depois que direção do partido recusou coligação proporcional com o PSD alegando que o pastor Jairo Carvalho tiraria a chance de outros candidatos a se elegerem.

Jairo Carvalho

Jairo Carvalho, atual deputado, tem tudo para estar entre os mais votados deste pleito. O fato do sogro dele, Pedro Abreu, presidir uma das maiores igrejas do Acre, a Assembleia de Deus, contribui muito para o desenho de um cenário positivo.

Número de mulheres no crime aumenta

Importante observação do ativista de direitos humanos, Jocivan Cavalcante, feita em rede social para o fato do índice de mulheres presas por envolvimento com açoes criminosos ter voltado a crescer de forma asssutadora. De certo, é uma falha nas políticas públicas de prevenção e realização de ações voltadas para redução desses dados que envergonham nosso Acre.

André Maia

Mesmo com todas as dificuldades impostas pelo atual cenário financeiro, o prefeito de Senador Guiomard, André Maia, tem feito um bom trabalho naquela cidade. As obras não param e o gestor conseguiu atender importantes anseios salariais de algumas categorias.

Bolsonaro

O Acre parece ter abraçado em definitivo a campanha de Jair Bolsonaro à presidência da República. Acreditando nisso, Ulysses Araújo, candidato a governo, tentará pegar uma carona nessa onda de popularidade.

Alianças complicadas

O que pesa contra Ulysses é aliança com velhas figuras da política acreana como Márcio Bittar e se cercar de pessoas inexpressivas para a política como Valdir Perazzo.

Velha política

Márcio Bittar está envolvido em praticamente todas as confusões da política acreana nas últimas décadas. Não representa nada de novo. É o retrato da velha política.

Valdir Perazzo

Valdir Perazzo, como ativista político, é um bom advogado. Não sabe fazer movimento político e é tão redundante quanto entendiante. Possui a influência política próxima de zero. É tão carismático quanto um bicho preguiça com dor de barriga.

Melhor deixar pra lá

São dessas pessoas inexpressivas e outras com fama questionável que Ulysses tenta se apresentar como novo. A recomendação é que o candidato esconda esses “apoiadores” que puxam para baixo e finja demência. Irá se sair bem melhor.

Bom dia a todos

Comentários

comentários