Associação de servidores da Câmara de Rio Branco sai em defesa de Jakson Ramos

0

Após alguns servidores, prestadores de serviços e comissionados confidenciarem a reportagem da Folha do Acre a existência de um grupo de oração em favor da eleição do 1º secretário, vereador Jakson Ramos (PT) ao parlamento estadual, com o único objetivo de se verem livres das grosserias do parlamentar, a Associação dos Servidores da Câmara Municipal de Rio Branco – Assecam, se pronunciou, por meio de nota, em defesa do parlamentar.

Na nota, encaminhada por e-mail à redação da Folha do Acre, por meio da assessoria da Câmara de Rio Branco, a associação afirma que a relação dos servidores de carreira da Casa de Leis municipal e o parlamentar segue dentro parâmetros institucionais, com respeito mútuo e espirito republicano e que “inexiste qualquer movimento por parte dos servidores efetivos contra o parlamentar.

Acompanhando a nota, o texto redigido pela assessoria do parlamento municipal afirma que “Jakson Ramos é conhecido, não só pelos servidores, como por seus pares e pela população em geral, como uma pessoa sempre disposta a ajudar aqueles que precisam”. A assessoria só esqueceu de explicar o episódio em que, Jakson Ramos, que se auto-intitula “Doutor Escroto”, se exaltou, gritou e quase agrediu o vereador e ex-presidente da Câmara, Artêmio Costa (PSB), por discordar da postura do vereador socialista sobre o projeto de lei que versa sobre o Estatuto da Família que foi aprovado sem incluir casais homoafetivos.

A nota finaliza destacando que a denúncia não terá abrigo e nem causará desconforto entre os servidores e o vereador.

Comentários

comentários