‘Ainda não tem nada decidido’, diz Ribamar sobre extinção de Secretaria de Polícia Civil; delegados protestam

0
Foto: Ac24horas

O chefe da Casa Civil do governo do Acre, Ribamar Trindade, afirmou à reportagem da Folha do Acre na tarde de quinta-feira (25) que não há nada decidido sobre a extinção da Secretaria de Polícia Civil e frisou que os ajustes da minirreforma administrativa ainda estão sendo feitos.

A negativa de Ribamar Guedes aconteceu na mesma manhã em que um grupo de delegados deu declarações à imprensa afirmando que seria um prejuízo para a população se de fato se confirmar a extinção da secretaria que poderá perder a autonomia administrativa e financeira.

“Não tem nada decidido nesse sentido, os ajustes ainda estão sendo estudados”, diz.

O delegado Sérgio Lopes, membro da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Acre, afirmou que foram informados de que a secretaria será extinta. Ele frisou que teme que a Polícia Civil perca autonomia e que se torne mais difícil executar o trabalho em prol da sociedade.

“O Guardião é uma ferramenta de investigação. A Secretaria de Segurança já solicitou esse equipamento para levar pra lá. O equipamento está com a Polícia Civil. Então qual a finalidade de tirar esse equipamento se a Polícia Civil é a única que tem atribuição legal para investigar. Em tese o controle do Guardião será exercido por quem não é integrante da Polícia Civil. Isso ê uma forma de tentar controlar as investigações”, diz.

Comentários

comentários