Vítimas do Oscar Passos eram inocentes, diz família; menor foi em bar usar internet e acabou morto

0

Familiares de dois adolescentes assassinados durante ataque a tiros em um bar localizado no bairro Oscar Passos, em Rio Branco, no sábado (7) garantem que as vítimas eram inocentes e não perteciam a nenhuma facção criminosa.

Junior Cleiton e Ygor Werik de Lima Cavalcante, ambos de 16 anos, foram baleados durante ataque de supostos membros da facção criminosa Bonde dos 13 a um bar no Oscar Passos. Um dos menores morreu no local enquanto o outro foi encaminhado ao Pronto Socorro, mas não resistiu ao ferimento. Outra pessoa também foi ferida durante o atentado e segue internada no hospital.

Os familiares das vítimas usaram as redes sociais para defender que os menores mortos não perteciam a e nenhuma facção. Junior Cleiton trabalhava como vendedor de salgados e estaria jogando sinuca no bar, que é de um parente, quando foi baleado. A outra vítima, Ygor Werik, estaria no bar apenas para usar a internet do local quando foi morto.

As mensagens dos familiares rebatem a declaração do secretário de Polícia Civil do Acre, Carlos Flávio, que afirmou que entre as vítimas da guerra entre facções “não tem nenhum santo”.

Comentários

comentários