Suspeitos de matar jovem na capital são baleados durante troca de tiros com a PM

0

Policiais militares do 2º Batalhão prenderam na noite de terça-feira (14) sete pessoas (quatro maiores de idade e três menores) no residencial Rosa Linda. Os presos são suspeitos de envolvimento na morte de Valdinei Braga de Aguiar, de 19 anos, que foi executado com 5 tiros na na mesma noite na rua Santa Rita, no bairro Bahia Velha, em Rio Branco.

Na perseguição policial aos suspeitos que terminou com troca de tiros com a polícia, Samuel Aurilan Souza Galvão, de 18 anos, foi ferido com três tiros, uma adolescente de 15 anos com um tiro de raspão no rosto e um adolescente de 17 anos com dois tiros no abdômen. Os demais criminosos saíram ilesos.

Segundo a polícia, após visualizar ocupantes dentro de um veículo modelo Versa branco em atitude suspeita em frente ao Posto Correntão, trafegando na direção centro/bairro na BR 364, tentou fazer uma abordagem ao carro, mas ao perceber a presença dos policiais o motorista do veículo saiu em fuga.

Os militares fizeram o acompanhamento e ao perceber que não conseguiriam fugir, os criminosos efetuaram vários disparos contra os policiais que estavam na viatura, já no interior do bairro Rosa Linda.

Ao ouvir o primeiro disparo, os policiais revidaram, porém os autores continuaram atirando e só pararam quando foram atingidos. Dentro do carro estavam as sete pessoas, e com eles foram encontrados dois revólveres calibre 38 com várias munições.

Duas ambulâncias do Samu foram acionadas e conduziram as vítimas feridas ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

De acordo com Delegado Remulo Diniz, coordenador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) o carro apreendido foi o mesmo usado no homicídio de Valdinei Braga, e os criminosos inclusive confessaram o crime.

“Instantes depois de ser notificada a DHPP começou as investigações, conseguiu identificar a placa do veículo que foi utilizado, era um Versa branco, que tinha sido objeto de roubo. A guarnição do 2º batalhão da Polícia Militar conseguiu interceptar esse veículo e prender sete pessoas, entre eles maiores e menores, foi também apreendido duas armas e o carro roubado. Todos foram flagranteados na delegacia do menor, já que há menores de 18 anos envolvidos nesse crime, eles confessaram o homicídio e então sendo conduzido logo mais a audiência de custódia. A motivação do crime foi guerra entre facções”, disse o delegado.

Comentários

comentários