Sargento acusado de matar homem em balneário é expulso da Polícia Militar

Jorge Weston que foi condenado a 7 anos de prisão pela morte do vigilante Raimundo Carlos da Costa Araújo, ocorrida em 2016

0
Sargento é suspeito de matar vigilante a tiros/Foto: Arquivo pessoal

O sargento da Polícia Militar (PM/AC) Jorge Weston de Andrade Mendes, que foi condenado a 7 anos de prisão pela morte do vigilante Raimundo Carlos da Costa Araújo, ocorrida em 2016 após uma discussão em um balneário da Capital, foi expulso da corporação.

A expulsão foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (10), cumpre determinação da justiça que sentenciou, em outubro, a perda o cargo público do sargento da PM. Com a decisão, que nega um recurso da defesa de Weston, ele perde também o direito de cumprir pena em estabelecimento militar. “Ele deve cumpri pena em local separado do convívio de presos comuns”, diz a sentença.

RELEMBRE O CASO

Jorge, de 39 anos de idade, foi condenado a sete anos de prisão em regime semiaberto por assassinar o vigilante Raimundo Carlos da Costa Araújo, de 37 anos de idade. O crime aconteceu em 2016 dentro de um balneário.

ContilNet

Comentários

comentários