Polícia prende traficante acreano que vendia droga pelos Correios para os Estados Unidos

0

A Polícia Civil apreendeu mais de R$ 60 mil reais em drogas sintéticas e maconha importada (skunk) durante operação policial no Acre.

Três integrantes da quadrilha foram presos em flagrante, durante a operação no bairro Morada do Sol, considerado de classe média alta de Rio Branco.  Lucas Vinicius Nunes de Almeida, Paulo Henrique dos Santos Sampaio e Wendel Mateus Ribeiro da Silva fora presos em flagrante e estão à disposição da Justiça.

O delegado Pedro Resende apresentou os resultados de uma ação da DRE realizada durante operação na noite desta sexta-feira, 17, onde foram presas três pessoas.

Paulo, considerado o chefe da quadrilha, enviava droga para o restante do Brasil pelos Correios, até para Orlando, Estados Unidos.

“Já vínhamos investigando a quadrilha desde o início do ano e descobrimos que Paulo é o chefe do bando que comprava droga de outros estados e vendiam para o restante do Brasil e até Estados Unidos. Ele tinha várias pessoas que trabalhavam para ele entregando droga em Rio Branco”.

Segundo o delegado Pedro Resende, durante a operação, o celular do suspeito Paulo não parava de tocar. As ligações partiam de vários jovens da alta sociedade acreana buscando comprar ilícitos do traficante.

O delegado afirma, ainda, que Paulo comprava LSD é Skunk de outros e estados e pagava com cocaína adquirida na Bolívia. A cocaína era enviadas em cartas através dos Correios.

A polícia afirma que Paulo e seus comparsas eram responsáveis por abastecer as festas em boates e ravesda capital acreana com LSD e Skunk.

Comentários

comentários