Polícia prende foragido que matou mulher com tiro na cabeça na Cidade do Povo

0

As forças de segurança do Estado prenderam neste último final de semana um homem foragido do sistema prisional José Ribamar Alves, conhecido pelo apelido de “Hyundai”. Ele é suspeito de dois homicídios e de tentar contra a vida de quatro pessoas no conjunto habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco. A apresentação do preso aconteceu na Delegacia de Investigações Criminais nesta segunda-feira (20) no bairro Cadeia Velha.

De acordo com o delegado Cristiano Bastos, responsável pelas investigações, a prisão de José aconteceu no município de Sena Madureira através de um trabalho de investigação.

‘Hyundai’ é principal suspeito de ter matado Maria Auxiliadora Cruz de Almeida, de 42 anos, assassinada no dia 9 de julho de 2018, quando retornava de um mercado, na Cidade do Povo. A vítima foi baleada com um tiro no olho, não resistiu ao ferimento e morreu no local. Na mesma ação, o acusado também baleou um jovem que trafegava numa bicicleta.

“José estava foragido da penitenciária desde março e vinha praticando crimes a mando da organização criminosa ao qual é membro. Matou essa mulher na Cidade do Povo e é suspeito de mais 5 crimes contra a vida. É um homem frio de alta periculosidade. Essa foi mais uma ação da Polícia Civil tirando de circulação pessoas em conflitos com a lei, agora ele será encaminhado ao presídio”, disse o delegado.

Comentários

comentários