Polícia Civil contraria Iapen/Ac e diz que preso morto na Penal foi espancado

0
IML apurou que preso foi vítima de espancamento/FOTO: Folha do Acre

A Polícia Civil, através do Instituto Médico Legal (IML), apurou que o presidiário Erivaldo Ferreira Bento, 38 anos, foi espancado até morrer. O crime aconteceu na madrugada do domingo (16) dentro de uma cela do Pavilhão “G”, da Unidade Penitenciária Francisco D’Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco. Contrariando o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen/Ac), que divulgou nota informando que o detento teria sofrido uma overdose.

Bento cumpria pena no regime fechado pelo crime de roubo. O corpo dele foi encontrado por agentes penitenciários que acionaram uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando a equipe chegou ao presídio, só puderam constatar o óbito. Os outros presos que dividiam espaço com ele, foram conduzidos à Delegacia de Flagrantes (Defla) onde prestaram esclarecimentos ao delegado plantonista.

O Iapen/Ac abriu uma sindicância interna e afirma que irá apurar o caso. Após os devidos procedimentos no IML, o corpo do homem foi liberado para que a família pudesse realizar o velório e em seguida o sepultamento. O jornal Folha do Acre tentou ouvir a família, mas até o fechamento desta matéria não conseguimos manter contato.

Comentários

comentários