PF prende membros de facções no Acre e desarticula quadrilha que movimentou R$ 9 milhões

0

A Polícia Federal deflagrou neste sábado, 20, a Operação Dolos, destinada a desarticular organizações criminosas que atuavam em doze estados da federação.

Ao total, estão sendo cumpridas 146 ordens judiciais expedidas pela Justiça Federal do Acre, dentre as quais, 53 mandados de prisões temporárias, 22 mandados de prisões preventivas e 71 mandados de busca e apreensões, algumas delas realizadas no interior de presídios acreanos.

A investigação foi conduzida pelo grupo de investigações sensíveis da PF no Acre, especializado no combate a organizações criminosas e ao tráfico de entorpecentes, e contou com apoio do BOPE/RJ e do BOPE/AC.

Em um período aproximado de dois anos, a Polícia Federal conseguiu identificar membros ligados a três organizações criminosas, dentre as quais o Comando Vermelho, de abrangência nacional e com forte poder de atuação nos presídios de todo o país.

Estima-se que a movimentação financeira realizada por essas organizações criminosas, somente no período da investigação, tenha sido superior a 9 milhões de reais, entre depósitos e retiradas de valores, oriundos principalmente do tráfico internacional de drogas.

O nome da Operação é inspirado no Deus Dolos e representa o engano, a fraude e a malícia. O nome buscou simbolizar o complexo sistema de lavagem de dinheiro operado pelas organizações criminosas investigadas, que possui uma rede de integrantes espalhada por todas as regiões do país.

Com informações da Ascom PF

Comentários

comentários