Mulher é executada a tiros em Rio Branco; sobe para 7 o número de mortos no final de semana

0

Mesmo com as forças policiais nas ruas as facções continuam agindo em Rio Branco. Uma mulher identificada por populares como Marta Santana da Silva, 45 anos, foi mais uma vítima dos ataques de facções que tomaram conta da capital. Ela foi executada com três tiros no final da manhã deste domingo (8) na Travessa Feijó no bairro Recanto dos Buritis em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Marta reside no Bairro Belo Jardim e havia saído de um mercado na travessa Feijó, e ao caminhar em via pública, homens armados se aproximaram e de posse de arma de fogo efetuaram vários tiros contra a vítima acertando-o com três tiros, um deles na cabeça. Os criminosos fugiram do local.

Policiais Militares estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos dos peritos em criminalística. Com medo de retaliação populares não quiseram colaborar com a polícia, disseram apenas terem ouvido os disparos e quando perceberam a mulher já estava estendida na rua agonizando.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os devidos procedimentos e para confirmar a identificação, já que Marta se encontrava sem documentos.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Marta deixou 6 filhos, e foi a sétima pessoa morta em Rio Branco em menos de 48 horas.

Comentários

comentários