MP abre investigação contra policial que atropelou e matou empregada doméstica em Rio Branco

0

O ministério Público do Acre (MPE), através da promotora de Justiça Maria Fátima Ribeiro Teixeira, decide abrir processo investigatório criminal contra o policial militar Alan Melo Martins pelo atropelamento e morte da empregada doméstica Silvinha Pereira, no último sábado (18), na Avenida Dias Martins, em Rio Branco.

“Considerando a necessidade de prevenção de qualquer abuso de autoridade ou omissão por parte dos policiais ou agentes penitenciários, que deve se pautar pelo respeito aos direitos humanos e obediência ao princípio constitucional da legalidade, o MPE resolve instaurar procedimento investigatório criminal visando a apuração do fato noticiado”, diz trecho da publicação do Diário do MPE.

Alan dirigia um carro modelo Onix, de cor vermelha, quando atropelou o casal José da Silva e Silva e Silvinha Pereira da Silva, ocasião em que ambos sofreram lesões corporais de natureza gravíssimas, vindo a vítima Silvinha Pereira da Silva a óbito.

Segundo informações de testemunhas, Alan apresentava sinais de embriaguez quando colidiu o carro contra a moto em que o casal transitava. Ele não fez o teste do bafômetro no local do acidente, pois estava ferido, segundo informações da Polícia Militar.

Comentários

comentários