Gladson repudia morte de presidente do PSOL e diz que governo está empenhado em punir culpado

0

O governador do Acre, Gladson Cameli, repudiou a morte violenta do presidente do PSOL em Xapuri, Josemar da Silva Conde, ocorrido na tarde de quarta-feira (20), na Reserva Extrativista Chico Mendes.

Cameli diz que o governo está empenhado em investigar o crime com rigor para que prevaleça o império da lei e haja a punição do ou dos responsáveis por este ato de barbárie.

Veja a nota:

NOTA DE REPÚDIO

É com tristeza que recebemos a notícia do assassinato do presidente do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) em Xapuri, Josemar da Silva Conde, ocorrido na tarde de quarta-feira (20), na Reserva Extrativista Chico Mendes.

Indignado, repudio o brutal assassinato, pois todo crime covarde contra dirigente partidário constitui atentado ao Estado de direito e à democracia brasileira.

O Governo do Estado do Acre, por intermédio da Secretaria de Segurança Pública, está empenhado em investigar o crime com rigor para que prevaleça o império da lei e haja a punição do ou dos responsáveis por este ato de barbárie.

Rio Branco (AC), 22 de novembro de 2019

Gladson de Lima Cameli
Governador do Estado do Acre

Comentários

comentários