“Galego” pode ter sido assassinado por se recusar a integrar facção criminosa

0
Vítima foi morta a tiros

Françuar da Silva Ramos, 22 anos, foi alvejado com cerca de 7 disparos de arma de fogo. O homicídio com características de execução ocorreu na noite de segunda-feira (16), na travessa Açaí, no bairro Jardim Eldorado, localizado na região do São Francisco, em Rio Branco.

De acordo com informações repassadas pela polícia, dois homens chegaram em uma motocicleta e efetuaram vários tiros em direção à vítima que estava sentada em uma cadeira na frente de uma residência supostamente usada como ponto de venda de drogas.

A casa seria de propriedade de um presidiário. A suspeita é de que o crime tenha relação com um possível acerto de contas relacionado com o tráfico de entorpecentes.

Segundo relatos de populares, Galego havia sido convidado a integrar o grupo da facção criminosa Comando Vermelho (CV), porém, ele não teria aceitado a proposta tendo em vista que há meses teria convertido ao evangelho.

Uma guarnição do 5° Batalhão de Polícia Militar (5° BPM) esteve no local, os policiais colheram relatos de populares e saíram em patrulhamento na tentativa de localizar algum suspeito, mas até o fechamento desta edição ninguém havia sido preso.

A Polícia Civil já iniciou os trabalhos de investigação.

Comentários

comentários