Filho de líder do CV que havia sofrido tentativa de homicídio é executado no Joafra

0

O filho de um conselheiro do Comando Vermelho identificado como Cleilson Silva de Oliveira, de 23 anos, mais conhecido no mundo do crime como “Caveirinha”, foi executado com 12 tiros no início da tarde deste domingo (21). O crime aconteceu dentro de uma residência no loteamento Joafra, em Rio Branco.

De acordo com informações repassadas a Polícia, a vítima estava em casa quando criminosos chegaram num veículo vermelho, de posse de armas de fogo invadiram sua residência. ‘Caverinha’ foi morto com 12 tiros a curta distância que atingiu principalmente sua cabeça.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas ao chegar ao local, o médico apenas atestou o óbito.

A área foi isolada pela Polícia Militar até a chegada do peritos em criminalística. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os devidos procedimentos.

Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já iniciaram as investigações.

Motivação do crime

A polícia acredita que a motivação do crime foi briga entre facções, pois Cleison era membro da facção Bonde dos 13, até ser ferido com vários golpes de faca e estoque dentro do presídio no dia 17 de maio deste ano, pelos seus próprios companheiros de cela.

Após sobreviver aos ataques dos membros da facção do Bonde dos 13, ‘Caverinha’ deixou a penitenciária e resolveu rasgar a camisa e assumiu pertencer a organização criminosa Comando Vermelho, a qual seu pai, Cleidivar, é uma liderança.

Comentários

comentários