Estuprador e homicida é preso acusado de manter esposa em cárcere privado em Rio Branco

0

Um homem foi preso nesta sexta-feira (20) e apresentado na Delegacia da Mulher acusado de estupro e cárcere privado de uma adolescente em um ramal localizado no seringal São José do Espalha, na Colocação Limoeiro, no quilômetro 72 da Estrada da Transacreana, zona rural de Rio Branco. Jessé Passos, 40 anos, foi preso em flagrante por poiciais de Rio Branco e Capixaba.

De acordo com o delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Aníbal Tinoco, a filha da vítima denunciou que sua mãe estava sendo mantida em cárcere privado pelo companheiro. Jessé usava uma arma de fogo para ameaçar a vítima caso ela tentasse fugir.

“A filha da vítima procurou a delegacia e denunciou que sua mãe estava sendo feito refém em cárcere privado pelo seu companheiro. Depois disso foi iniciada uma investigação e agora obtiveram exito ao flagranter Jessé Passos mantendo a vítima é cárcere. E tem outros mandados de prisão contra ele. Ele é considerado de alta periculosidade. Ele reponder por 7 processos de estupros de menores”, conta o delegado.

Ainda segundo o delegado, Jessé tem uma extensa ficha policial onde responde por outros crimes. O preso é natural de Sena Madureira, mas morou em Rondônia onde foi condenado por estupro e homicídios de dois menores.

“Jésse é considerado um foragido de alta periculosidade, pois reponde por vários crimes de cárcere privado, homicídios e estupros de vulneráveis”, conta.

Em Porto Velho, Jessé foi condenado por manter em cárcere privado e estuprar três adolescentes, sendo dois meninos e uma menina. Quando os crimes foram descobertos, Jessé matou os meninos de 10 e 12 anos e jogou os corpos no Rio Madeira.

Comentários

comentários