Delegado apresenta resultados de nova fase da “Operação Impactos”, onde 7 foram presos por tráfico

0
Presos foram apresentados na DIC/Fotos: Folha do Acre

As delegacias especializadas que compõem a Divisão de Investigações Criminais (DIC), em Rio Branco, realizaram na manhã desta quarta-feira (6), mais uma etapa da Operação Impactos, nos bairros que ficam localizados na 4ª Regional, área que compreende toda a região do bairro Calafate. Foram cumpridos 18 mandados judiciais, resultando em 7 pessoas presas, sendo 4 delas em flagrante por tráfico de drogas.

Durante a ação, os agentes apreenderam arma de fogo, celulares, substâncias entorpecentes, materiais para preparo e embalagem de drogas, e outros objetos de origem duvidosa. Os presos foram identificados como Wisley Felipe Andrade, Alisson Conceição da Costa, Neiva Augusta Rufino, Elias Gonçalves de Paula, Joel Gomes Teixeira, e Raimundo Nonato Barbosa, esse último foragido da cidade de Ariquemes, Rondônia.

O delegado de Polícia Civil Pedro Rezende, titular da Delegacia de Repreensão ao Entorpecente (DRE), concedeu entrevista coletiva na sede da DIC, e afirmou que o objetivo principal da operação é coibir os atos ilícitos que são praticados por membros de facções criminosas nos bairros da capital. Rezende também deixou claro que as investigações continuam e novas fases da Impactos podem ocorrer nos próximos dias.

“A Polícia Civil faz um levantamento de diligências, no sentido de identificar pontos onde estão atuando membros de organizações criminosas, principalmente nos crimes de tráfico de drogas e homicídios. Nessa fase da Operação Impactos, foi o alvo o bairro Calafate, e exclusivamente um ponto crítico no Tancredo Neves. Outras áreas estão sendo monitoradas, a cidade inteira na verdade, no intuito de conter a criminalidade”, disse.

Comentários

comentários