Cantor sertanejo tem prisão decretada ao ser condenado a 17 anos por estupro de enteada

0
Carlinhos foi condenado por estupro

O cantor sertanejo Samuel Barbosa Carlos, conhecido no Acre por fazer parte da dupla Junior e Carlinhos, teve sua prisão decretada pelo juiz de direito Romário Divino Farias, da 2ª Vara da Infância e da Juventude, da Comarca de Rio Branco na tarde desta quarta-feira (11). Ele responde pelo crime de estupro de vulnerável.

O músico foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Acre a 17 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável em regime fechado. O mandado de prisão de Carlinhos já está sob cuidados do delegado do Núcleo de Capturas da Policia Civil do Acre, Ricardo Casas. Até o momento. o músico ainda não foi conduzido ao presídio de Rio Branco, Francisco de Oliveira Conde.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Estado (MPE), Carlinhos se aproveitava do momento em que a mãe ia pra faculdade para praticar atos libidinosos com a criança que tinha cinco anos de idade à época dos fatos. A prática perdurou por mais cinco anos até a separação da genitora e o denunciado.

Ainda de acordo com o MPE, o caso só veio à tona quando a criança completou 13 anos e não aguentando mais lidar com os abusos contou tudo a mãe, que denunciou o companheiro.

Na sua decisão, Romário afirmou que está provada a autoria do acusado no crime. “O modo como o acusado explorou sexualmente a enteada, na qual se repetiu, demonstrando sua insistência na prática sexual desviada”, diz trecho da decisão.

Com informações do Ac24horas

Comentários

comentários