Caçadores estão desaparecidos; familiares suspeitam de ataque de onça ou índios

0

Francisco das Chagas de Abreu Souza, o “Chaguinha”, esposo da professora Mariluce Leite, saiu para uma caçada na companhia de um primo e um amigo e ainda não retornou. Eles foram caçar numa região de selva, a 79 quilômetros do município de Tarauacá (4 dias de subida num batelão), Seringal Guajará, Rio Murú, um dia de subida no Igarapé Colombo.

O retorno dos caçadores à cidade estava prevista para acontecer na última quinta feira (1).

Como não retornaram ainda a esposa de Chaguinha pediu ajuda para a polícia e Corpo de Bombeiros e, nesta segunda-feira (5), deslocaram-se até a região em busca de resgatar os homens.

Não se sabe se estão “perdidos”, se foram atacados por animais ou índios isolados. Segundo informações de uma pessoa que conhece a área, a região é de selva, desabitada, tem muitas onças e por lá circulam índios arredios. Familiares esperam encontrar todos bem de saúde.

Com Informações Portal Tarauacá.

Comentários

comentários