Bope usa balas de borracha e gás lacrimogênio para dispersar manifestantes na AC-40

0

Homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar usaram balas de borrachas e gás lacrimogênio para dispersar os manifestantes que mantinham a rodovia AC-40 fechada desde as primeiras horas desta terça-feira (23).

O grupo protestava contra as péssimas condições de trafegabilidade do Ramal do Polo Benfica.Eles pedem melhorias nos ramais do polo, que são de responsabilidade da Prefeitura de Rio Branco, e temem que o ônibus deixe de circular na região.

O protesto iniciou às 6h desta terça-feira (23) e teve fim no início da tarde. Os moradores fecharam a via e impediram o acesso nos dois sentidos. A polícia foi até o local para garantir a segurança de motoristas, moradores e manifestantes. Sem acordo, o Bope teve de usar balas de borrachas e gás para dispersas os manifestantes e garantir o tréfego de veículos na via.

A ação do Bope foi ordenada pelo secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Cézar Santos. Segundo a polícia, houve tumulto durante a dispersão, mas ninguém foi preso.

“Primeiro, nós advertimos de que aquela via é a principal de acesso à Senador Guiomard e aos demais municípios do Vale do Acre e que a ação dos manifestantes não poderia prejudicar uma região onde está praticamente a metade da população do Estado. Como alguns dos manifestantes resolveram radicalizar, nós usamos também da força para mostrar que quem tem o domínio do Estado é o próprio Estado e que não aceitaremos mais esse tipo de ação desafiadora”, acrescentou o secretário à reportagem do site ContilNet.

Comentários

comentários