Assaltante que matou aluna do Ifac para roubar moto é condenado a 27 anos de prisão

0
Perícia aponta que autor do crime matou estudane com tiro à queima-roupa

O jovem Francisco de Assis Menezes Rodrigues, acusado de matar a estudante do Ifac, Emanuela de Souza, 33 anos, para roubar sua motocicleta, foi condenado a 27 anos e dois meses de prisão em regime inicial fechado.

A decisão condenando Francisco foi proferida pelo juiz da 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre.

A Justiça acatou a denúncia do Ministério Público do Acre de que Francisco, presidiário do regime semiaberto, foi o autor do crime de latrocínio.

Francisco aguardava o julgamento já na prisão, pois foi preso por policiais civis em julho do ano passado após ser apontado como o principal suspeito do crime.

Entenda o caso

A estudante do Ifac foi assassinada no dia 2 de abril de 2018 em uma rua próximo ao Horto Florestal, no Conjunto Solar, em Rio Branco.

A vítima trafegava com sua motocicleta em direção ao Ifac onde participaria de mais um dia de aulas quando foi abordada pelo criminoso que anunciou o assalto e em seguida atirou contra ela. Segundo a perícia, o tiro que matou a estudante foi efetuado à queima-roupa.

Emanuela ainda foi socorrida com vida, mas não resistiu ao ferimento e morreu a caminho do Pronto Socorro de Rio Branco.

Comentários

comentários