Após motim no presídio 24 detentas são levadas à Delegacia de Flagrantes

0
FOTO: Folha do Acre

Após a confusão na ala feminina da penitenciária da capital, onde uma agente teve parte de um dos dedos da mão decepado por uma detenta, as visitas teriam sido suspensas e o clima ficou pesado. No período da manhã do sábado (3), um princípio de motim foi registrado no interior daquela unidade.

Já na parte da noite, pelo menos 24 presas foram conduzidas, sob forte escolta, à Delegacia de Flagrantes-DEFLA, onde foram apresentadas ao delegado plantonista e ficaram a disposição da Justiça. As celas foram danificadas e, por isso as mulheres devem ser penalizadas por dano ao patrimônio público.

A agente penitenciária que foi vítima da ação de uma das detentas do “Bloco C”, recebeu atendimento médico no Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco-HUERB. Ela está afastada do trabalho e deve receber acompanhamento psicológico.

Saiba mais: Detenta decepa dedo de agente penitenciária dentro do presídio da capital

Comentários

comentários