Acusados de matar mulher no Top 15 são presos com armas roubadas da polícia

O mandante do homicídio do taxista Levi da Silva, ocorrido em fevereiro deste ano, também foi preso

0

A Polícia Civil cumpriu desde o último sábado (18), seis mandados de prisão no município de Senador Guiomard. Desse total, cinco respondem pelo crime de homicídio por participarem da morte de uma mulher, ocorrida no último dia 4 durante uma festa no Top 15.

Além de Renan da Silva Oliveira, suspeito de ser o executor do crime, estão Luan Silva de Oliveira, Sebastiana Juciane Oliveira e Valdinei Braga Rodrigues, mandante do homicídio do taxista Levi da Silva, ocorrido em fevereiro deste ano, que respondem também por roubo e participação em Organização Criminosa.

Além dessas prisões por homicídios e outros crimes citados, foi preso um homem identificado como Caio Oliveira de Lima por tráfico de drogas.

Durante as ações para o cumprimento dos mandados de prisão, a polícia recuperou alguns objetos que haviam sido roubados pelos criminosos. Entre eles, dois coletes e um revólver com munições da empresa Protege, duas armas (pistola e revólver) e munições roubadas de um policial militar, onde uma das armas foi utilizada no homicídio do Top 15, uma gandola do exército possivelmente usado em alguns roubos, uma balaclava e dois DVR’s.

Ascom Segurança

Comentários

comentários