Fim do mistério: primeiro livro de Bruno Borges será lançado no dia 5 de julho

0
Bruno escreveu 14 livros e depois desapareceu

A campanha de marketing cercada de mistérios em torno de 14 livros criptografados deixados pelo estudante Bruno Borges, antes de sair de casa no dia 27 de março deste ano, já traz o primeiro fruto. Nos próximos dias 5, 6 e 7 de julho, deve acontecer o lançamento do primeiro livro traduzido. A família Borges contratou uma editora, que está produzindo os mais de 20 mil exemplares.

A empresa não terá direitos autorais sobre as obras, e será responsável somente pela produção nas formas físicas e e-books, bem como as devidas adequações. Intitulado “Teoria de Absorção de Conhecimentos – TAC”, ao que tudo indica é um livro de auto-ajuda, com uma metodologia para potencializar a criação de conhecimentos paralelos com a espiritualidade.

Na primeira obra produzida, terão várias práticas criadas pelo estudante de psicologia, que supostamente fazem com que as pessoas absorvam conhecimentos espirituais. Uma dessas práticas seria o isolamento. Vale lembrar que o desaparecimento do jovem não é mais investigado pela Polícia Civil, que no dia 31 de maio, prendeu Marcelo Ferreira, amigo do estudante, com dois contratos .

Nos documentos, registrados em cartório, o estudante se comprometia em dividir o lucro obtido com a comercialização dos livros com o Ferreira e um outro rapaz identificado como Marcelo Gaiote, que só não foi detido porque estava em outro estado e não foi encontrado em casa. Na residencia de Marcelo Ferreira, a polícia encontrou, além de droga, alguns móveis que seriam de Bruno Borges.

Quarto de Bruno Borges/Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Comentários

comentários