Dois rolos em concursos: SGA muda resultado da Civil e agente é convocado por ordem judicial

0

A Secretaria de Estado da Gestão Administrativa (SGA) divulgou nesta segunda-feira (14) uma retificação do resultado final e homologatório do concurso para o provimento de vagas para o cargo de delegado de Polícia Civil. O Edital Nº 067 SGA/SEPC/2018 não foi retificado para aumentar a nota de uma das candidatas.

Nos últimos concursos do Estado tem sido uma constante a inclusão posterior de candidatos preteridos nas diferentes etapas das seleção. Como todos os concursos são geridos pela SGA, a secretaria vem sendo questionada pela quantidade de erros cometidos e por findar estes erros em entupir o Judiciário com ações contra o governo.

O juiz Anastácio Lima de Menezes Filho, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Rio Branco determinou: “Julgo procedente o pedido formulado na inicial para conceder a segurança e determinar à autoridade coatora que conceda à impetrante J.D. os 2,0 (dois) pontos na prova de títulos por preencher os requisitos do Edital nº 001 SGA/SEPC, de 17 de março de 2017”.

Agepen convocado por ordem judicial

Mas as lambanças da SGA não param por aí, pois uma decisão no Mandato de Segurança nº 1001915-73-2017.8.01.0000, obrigou o Governo do Estado a realizada a convocação de mais candidato sub judice do Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária de profissionais de nível médio para suprir necessidade de excepcional interesse público do Instituto de Administração Penitenciária do Estado do Acre (Iapen) nº 001/2017.

Assim, o candidato Auricélio Aragão da Silva conquistou, com o apoio do Judiciário (Mandato de Segurança nº 1001915-73-2017.8.01.0000) ganhou o direito de realizar a entrevista a ser realizada no dia 18 próximo (sexta-feira), às 10h no Iapen, situado na Avenida Getúlio Vargas, nº 1203 – Bairro Bosque – Rio Branco.

Comentários

comentários