“Vice de Gladson ao governo virá do PMDB e poderá ser Flaviano Melo”, diz colunista

0

Recesso útil aos candidatos

O parlamento vai entrar em recesso e como não poderia deixar de ser os deputados e senadores aproveitarão para usar esse tempo para adiantar o calendário eleitoral 2018 e cair em campo para fazerem campanhas.

Campanha antecipada

Todos dizem que não estão em campanha, mas quem conhece o Acre sabe que está aberta oficialmente a temporada de caça aos votos. Pena que muitos desses candidatos usem do cargo que possuem para antecipar a campanha.

Crime

Aliás, se a Justiça Eleitoral ficar um pouco mais atenta verá que não são poucos os que estão incorrendo no crime de campanha antecipada.

Disputa acirrada

Por falar em campanha, é grande a disputa dentro da oposição para saber que indicará o vice em uma eventual chapa encabeçada pelo senador Gladson Cameli (PP).

Alan Rick

Nesta disputa de quem será o eventual vice de Gladson quem pode esquecer as pretensões é o deputado federal Alan Rick (sem partido). É carta fora do baralho.

O vice de Gladson virá do PMDB e poderá ser Flaviano

Flaviano e Gladson durante visita de Temer ao Acre

O vice de Gladson naturalmente deverá sair do PMDB e não se espante se verem o deputado federal Flaviano Melo como vice do “garoto do Juruá”.

“Rico, riquinho”

Por falar em “garoto do Juruá”, o deputado federal Léo de Brito (PT) resolveu batizar Gladson Cameli pelo apelido de “Rico, riquinho”. As críticas ao senador não pegou bem para o deputado petista.

Preconceituoso

Nas redes sociais, as pessoas consideraram o apelido dado por Leo do PT como algo preconceituoso e em tom de despeito.

A grande onda de popularidade

A verdade é que Gladson surfa numa onda sem igual de popularidade. Ele só perde a eleição para ele mesmo, o que não é algo tão difícil para quem conhece o senador de perto.

As únicas complicações

Ele, Gladson Cameli, possui uma série de limitações e probleminhas pessoais que poderiam afetar sua projeção rumo ao governo, sem contar as ligações estreitas que as empresas de sua família sempre mantiveram com o governo petista que ele tanto critica.

Sem alternativa

Mas mesmo com as limitações, Gladson é o favorito por absoluta falta de opção. As pessoas querem alternância de poder a qualquer custo. Só esperamos que o custo não seja muito alto, nem irreversível para o Acre.

Bom dia a todos

 

Comentários

comentários