Vagner Sales deve apoiar Marcus Alexandre em troca de cargos e contratos com clínicas

0
Bittar é apontado como responsável pelo Racha na oposição após cooptar lideranças do PSDB

Guerra dentro da oposição

A guerra dentro da oposição parece estar longe de acabar e um novo capítulo surge para ilustrar a infame história: O PMDB voltou atrás na questão de que o vice de Gladson Cameli (PP) seria indicado pelo PSDB e resolveu dar apoio ao DEM de Tião Bocalom. Foi a resposta dada aos tucanos após o lançamento da pré-candidatura ao Senado da jornalista Mara Rocha.

Nada de amor

Flaviano, como sempre escamoteando os fatos e usando a demagogia ao extremo, disse que não se trata de retaliação. Uma declaração de amor aos tucanos que não seria.

Acordo de paz rompido

Havia um acordo de paz entre PSDB e PMDB, que incluia o apoio dos tucanos à candidatura ao Senado do PMDB, mas o acordo foi rompido e a ‘Guerra Fria’ estourou.

Marcio Bittar é o culpado por ter esvaziado o PSDB

O deputado Wherles Rocha, presidente regional do PSDB, não considera ter sido responsável pelo rompimento com o PMDB. Rocha considera que o responsável pelo rompimento é o candidato ao Senado pelo PMDB, Marcio Bittar, que estaria articulando uma espécie de esvaziamento do ninho tucano retirando lideranças como Renê Fontes e outros nomes.

Não ficou no passado

A guerra entre Marcio Bittar e Rocha não ficou para traz com a saída de Bittar do PSBD e tudo indica que essa guerrinha ainda causará prejuízos à oposição inteira.

Vagner Sales apoiará Marcus Alexandre

Marcus Alexandre teve uma conversa com Vagner Sales

Mas não é apenas a briguinha entre Rocha e Bittar que poderá causar prejuízos a candidatura de Gladson Cameli. O ‘Leão do Juruá’, Vagner Sales, não caminhará com Gladson Cameli.

Namoro avançado

Segundo informações de fontes seguras, Vagner Sales estaria em um promissor namoro político com o pré-candidato da FPA ao governo, Marcus Alexandre.

Toma lá, dá cá

Vagner e Marcus teriam tido uma longa e promissora conversa sobre as eleições 2018. Segundo informações, Vagner Sales teria ofertado apoio a Marcus Alexandre em troca do PT dar a ele todo o setor de saúde da região do Juruá, incluindo indicações para cargos comissionados e contratos com clínicas e afins.

Retaliação no Juruá

Gladson por sua vez já não anda muito contente com Vagner Sales e teria inclusive apoiado o fato do atual prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, de ter exonerado todos os cargos comissionados indicados pelo ex-prefeito Vagner Sales.

Projeto familiar

O jogo de Vagner Sales é conhecido. Ele nega que apoie a Frente Popular, mas na hora da campanha ele vai “desacelerar o passo”, prejudicando o candidato da oposição. A única coisa que Vagner Sales deseja é eleger a filha e esposa, ampliando seu projeto de poder político familiar.

Dever cumprido

O coronel Júlio Cesar afirmou em entrevista ao site do governo que deixará o Comando da Polícia Militar com a sensação de dever cumprido. Interessante ele ver as coisas sob esta perspectiva sendo que só em 2017 foram contabilizados 482 mortes e nos primeiros dias de janeiro já foram registradas 31 assassinatos.

Grave

Grave o fato de um paciente ter morrido na recepção da UPA da Sobral enquanto aguardava atendimento. Podem explicar como quiserem, mas o fato foi escabroso. É preciso que a Sesacre se manifeste.

Bom dia a todos

Comentários

comentários