PT pode perder 2 vagas ao priorizar candidatura de Leo de Brito e abandonar Angelim

0

Está dando certo

Ao que parece tem dado certo a orientação da secretária de Gestão Administrativa, Sawana Carvalho, para que seja descumprida a legislação eleitoral que proíbe carros adesivados em estacionamentos de órgãos públicos.

Agindo ao arrepio da lei

Denúncias chegaram a esta coluna de que alguns servidores da Sehab e Funtac estão com os carros adesivados nos estacionamentos. E até onde sabemos esta prática continua sendo crime, apesar da orientação descabida de Sawana Carvalho.

Lamentável Janaina Furtado fora do debate da Rede Amazônica

Lamentável que a candidata a governadora pela Rede Sustentabilidade, Janaina Furtado, tenha sido impedida, pelas regras da rede Amazônica, de participar do debate. Ela teria muito a acrescentar.

Grata surpresa

Janaina é uma grata surpresa na política acreana. Tem feito uma campanha limpa, sem ataques, sem fulanizar o debate e pautada em propostas.

Mostrou garra

Tem contra a sua candidatura o fato de não possuir estrutura financeira suficiente e a coligação ter pouco tempo de televisão, mas mesmo assim tem mostrado a força da mulher do interior.

PT

O PT no Acre resolveu priorizar a campanha de Léo de Brito em detrimento da candidatura de Raimundo Angelim. Erro crasso. Podem perder as duas vagas.

Brigas dentro do PT

O PT está tomando do amargo veneno do qual acusou a oposição de usar em doses cavalais: fogo amigo, briga entre o próprio grupo e trairagem de toda espécie de tipo, segundo garantem pessoas que trabalham dentro do próprio diretório do partido no Acre.

Natural

É até compreensível que quando o momento político não é mais favorável para determinado grupo, os indivíduos coloquem para funcionar o instinto de sobrevivência individual e cada um tente cuidar apenas de si mesmo.

Na perspectiva de acabar o poder também se acaba o amor

A unidade da Frente Popular nunca se deveu a um amor eterno e fraternal que um sentia pelo outro e, sim, o partilhamento do poder político e econômico que tinha. No apagar das luzes do governo acabou o amor.

Jair Bolsonaro

Impressionante a aceitação que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) tem entre os acreanos. Óbvio que todos sabem que o Acre representa uma minúscula parcela do eleitorado brasileiro e que não decide eleição, mas serve como termômetro para mostrar que o Acre também exige mudanças.

Ulysses Araújo não conseguiu

Outra coisa igualmente impressionante é que por mais que tentasse, Ulysses Araújo, candidato ao governo pelo PSL, não conseguiu colher os dividendos políticos da popularidade de Bolsonaro. Oficialmente não ultrapassou os 10 digitos nas pesquisas.

Márcio Bittar se saiu melhor

Márcio Bittar, com vídeo amador onde Bolsonaro o apoia e o incentiva, conseguiu surfar muito melhor na onda de popularidade do presidenciável.

Foram deputados juntos

Vale lembrar que Bolsonaro e Bittar foram colegas na Câmara Federal e possuem uma relação de amizade mais profunda e o vídeo que o candidato do PSL gravou dizendo: “Subiremos a rampa do Palácio juntos” teve um peso forte na campanha de Bittar.

Bom dia a todos

Comentários

comentários