Oposição em guerra: Vagner e Ilderlei rompem e Gladson pode perder apoio de André Maia

0

Oposição em pé de guerra

Descontentamento e brigas internas entre as lideranças da oposição poderá comprometer a campanha de Gladson Cameli (PP) rumo ao governo do Acre. O quadro não é dos melhores para essa articulação política.

Todos brigando

Vagner Sales rompeu com o atual prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro; o prefeito de Senador Guiomard, André Maia, não apoiará Cameli; a prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, anda se arranhando com lideranças da oposição; e o ex-deputado Márcio Bittar segue praticando seu esporte preferido que é perseguir o deputado Rocha. As coisas não andam fáceis dentro da oposição e Gladson não ajuda nessa quimera de união.

PP

O Partido Progressista não tomou atitudes antes com relação aos ataques que alguns membros da sigla fazem ao prefeito do Quinari, André Maia, e isso poderá custar o apoio de Maia ao candidato ao governo Gladson Cameli (PP).

Quem ganha é a FPA

André Maia está fortemente inclinado a apoiar o candidato Marcus Alexandre (PT) rumo à disputa para o governo do Acre e, se isso acontecer, pode apresentar a fatura do prejuízo ao presidente regional do PP que deixou que atacassem Maia durante meses seguidos.

Alan Rick

O deputado federal Alan Rick (DEM) não possui grandes apoios dentro da Igreja Batista do Bosque. O melhor que ele pode fazer é procurar outros redutos eleitorais ou tentar voltar a ser apresentador de programa de emissora local.

Bem substituído

A propósito, Rogério Venceslau, que substitui Alan Rick na apresentação do Gazeta Entrevista, se saiu muitíssimo bem no cargo e, portanto, Alan Rick pode ir procurando outra ocupação. A situação para ele não é das melhores.

O eterno drama da alagação

O rio Acre está a 30 centímetros da cota de alerta e as primeiras famílias já começaram a ser afetadas. Mais uma alagação em Rio Branco sem que o bairro Taquari tenha sido inteiramente desocupado.

Cruzeiro do Sul

Cruzeiro do Sul enfrentou uma dificuldade imensa com o problema da falta de energia e os politiqueiros de plantão não perderam a oportunidade para começar a fazer campanha antecipada em cima do assunto. Nicolau Junior (PP) afirmou na última quinta-feira (11) que na proxima segunda-feira (15) o racionamento de energia chegará ao fim. Qual o embasamento que ele usou para tal afirmação ninguém sabe.

Bom dia a todos

Comentários

comentários