Terremoto que atingiu a Venezuela é sentido por moradores de Rio Branco

Servidores da Secretaria de Saúde sentiram o prédio balançar. Tremor sentido no Acre é consequência de terremoto de magnitude 7,4 que atingiu a Venezuela

0
Servidores deixaram prédio da Sesacre após sentir abalo no 4º e 5º andar (Foto: Carla Mendes/Arquivo Pessoal)

O terremoto de magnitude 7,3 que atingiu a costa norte da Venezuela, no final da tarde de terça-feira (21), segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), foi sentindo em Rio Branco, capital acreana.

Servidores que estavam no prédio da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), no Centro de Rio Branco, e também uma mulher que estava no 4º andar de um prédio residencial relataram ter sentido o abalo.

Ao G1, um servidor da Sesacre, que não quis ser identificado, relatou que ele e os colegas de trabalho estavam no quinto andar quando sentiram o prédio balançar. Segundo ele, o balanço durou cerca de dez segundos.

“Foi um balanço. A loucura foi geral, uma correria, todos saíram correndo para fora do prédio. Ele balançou um pouco e parou, depois recomeçou e durou um pouco mais”, relatou.

No Facebook, a servidora Carla Mendes relatou que estava no 4º andar do prédio da Sesacre quando sentiu o abalo. “Rio Branco tremeu, senti no 4º andar do prédio, outras pessoas sentiram”, escreveu a mulher.

Carla relatou ainda que o computador dela e mesa começaram a balançar. Ela ficou tonta e perguntou se outros colegas também estam sentindo o tremor.

“Meu computador estava indo para um lado e outro. Depois minha colega disse que também sentiu. Eu saí correndo pelas escadas e já encontrei outras pessoas que também tinham sentindo. Fiquei com medo, nessa hora a gente sempre pensa o pior”, lembra.

O Corpo de Bombeiros do Acre informou que teve conhecimento do abalo sísmico no Centro de Rio Branco e em outras regiões da capital acreana, mas que não foi acionado para atender nenhuma ocorrência.

Com informações do G1/AC

Comentários

comentários