Sites Folha do Acre, ac24horas e Contilnet fazem pacto para conter divulgação de vídeos violentos

0
Roberto Vaz, do ac24horas,, Wânia Pinheiro, sa ContilNet, e Gina Mezes, da Folha do Acre

Os conselhos editoriais dos sites ac24horas, Contilnet e Folha do Acre se reuniram na manhã desta quarta feira, 24, para discutir a forma de cobertura jornalística que devem adotar para ajudar no combate à violência. Nos últimos dias a violência cresceu e os veículos de comunicação, principalmente os sites de notícias, divulgaram conteúdos que que ferem o princípio da dignidade humana contendo cenas de violência explícita.

Segundo os jornalistas, é possível que estes conteúdos tenham influência na sociedade “e que sirvam até como fator encorajador para outros delinquentes que querem criar pânico na sociedade”, diz Wânia Pinheiro, do portal contilnet.com.

Os jornalistas, após minuciosas observações chegaram à conclusão que a partir de agora reportagens que falem sobre ações de facções não terão vídeos de violência divulgados.

“É melhor fazermos parte de uma sociedade sadia do que divulgar imagens violentas daqueles que promovem a violência, o terror e a insegurança”, justifica Gina Meneses.

Comentários

comentários