Atlético Acreano vence Botafogo e dorme na liderança do grupo A da série C

0
O atacante celeste Eduardo marcou o gol da vitória do Galo Carijó sobre o Belo. Foto/Manoel Façanha

Com um gol do atacante Eduardo, aos 44 minutos da etapa final, o Atlético Acreano venceu neste sábado (26) o Botafogo-PB por 1 a 0, em jogo disputado no estádio Florestão. O resultado colocou o time acreano na liderança do grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro 2018,

Com o triunfo na sétima rodada do torneio, o Atlético Acreano chegou aos 15 pontos e reassumiu a liderança do grupo A da Série C, mas o time celeste pode ser ultrapassado na tabela de pontos pelo Confiança-SE, que tem 13 e recebe nesse domingo o Santa Cruz-PE. Já o Botafogo-PB manteve a terceira posição com 10 pontos.

O Galo Carijó retorna a campo no próximo domingo (3) para encarar o Confiança-SE no estádio Batistão, em Aracaju. Já o Belo recebe um dia depois (04) o Globo-RN no estádio Amigão, em Campina Grande.

Jogo

Bem postando e não dando espaço para o Atlético Acreano, o Botafogo-PB fez um bom primeiro tempo e, aos 17, Dico entrou pela esquerda e fez a assistência para Mazinho que finalizou por cima do gol, assustando o goleiro celeste Ruan.

Com o time paraibano marcando bem na sua defesa e criando as melhores oportunidades de gols, o Atlético Acreano era um time confuso e com muitas dificuldades para furar o bloqueio do time visitante.

Merecidamente a melhor chance de gol foi a favor dos visitantes aos 35 minutos. Dico entra pelo lado direito e faz o cruzamento na cabeça de Nando. O grandalhão artilheiro do Belo ganhou no jogo aéreo e testou com perigo, com a bola tirando tinta do pé da trave esquerda do goleiro Ruan.

Com o setor de criação deixando a deseja contra o Belo, o técnico celeste Álvaro Miguéis resolveu trocar o meia Geovani pelo meia-atacante Tauã. O resultado foi um Galo Carijó mais atrevido e buscando o gol do Belo.

Galo reage e marca o gol

Na primeira grande chance, aos 5’, o atacante Rafael Barros quase mandou a bola para a rede, mas a bola passou perto do gol do goleiro Saulo. Aos 9’, Eduardo fez jogada pela direita e cruzou na para Neto, que dominou e finalizou forte, mas o goleiro Saulo espalmou.

O Belo sentiu a pressão do time acreano e passou a priorizar mais o jogo defensivo, mas, mesmo assim, quase levou o primeiro gol aos 26’, numa jogada envolvente do time acreano. Rafael Barros serviu Neto, que rolou para Tauã, este finalizando com perigo. No minuto seguinte, Januário cruzou na área e Rafael Barros tentou duas vezes, mas acabou finalizando para fora.

O gol do Galo estava maduro e, aos 44′, não teve jeito para o setor defensivo do Belo evitar. Tauã fez grande jogada individual e serviu o atacante Eduardo que bateu no alto e sem chances de defesa para o goleiro Saulo.

Nos acréscimos o Botafogo-PB tentou pressionar o Atlético na busca do empate, mas o time acreano segurou bem a pressão.

Ficha Técnica

Atlético Acreano 1 x 0 Botafogo-PB
Local: estádio Florestão (em Rio Branco-AC);
Data: 26/05/2018 (sábado);
Árbitro: Rafael Martins Diniz (DF);
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF); 4º árbitro: Fábio Santos de Santana (AC);
Público: 938 pagantes
Renda: R$ 19.380
Gol: Eduardo aos 44′ do 2º tempo;
Cartões amarelos: Kássio e Rafael Barros (Atlético Acreano); Allan Dias, Humberto e Walber (Botafogo-PB);

Atlético Acreano
Ruan; Matheus (Léo), Diego, João Marcos e Alfredo (Januário); Leandro, Kássio e Giovani (Tauã); Rafael Barros, Eduardo e Neto. Técnico: Álvaro Miguéis.

Botafogo-PB
Saulo; Felipe Cordeiro, Walber, Lula e Carlos Renato; Jataí, Allan Dias (Hiroshi), Mazinho (Humberto) e Marco Aurélio; Nando (Mário) e Dico. Técnico: Leston Júnior.

Por Manoel Façanha

Comentários

comentários