Atlético Acreano está a 2 jogos para subir a Série B; datas das partidas são definidas

0
O Galo Carijó treinou nesta segunda-feira (13) no campo “B” da Federação de Futebol do Acre. Foto/Manoel Façanha

O departamento de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou na tarde desta segunda-feira (13) os confrontos das quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série C.

As oito equipes postulantes ao título já sabem a data, o horário e o local dos duelos que definirão se continuarão o caminho até a Final e o título da competição.

Com 30 pontos ganhos e segundo colocado na classificação geral do grupo A, o Galo Carijó terá como adversário o Cuiabá-MT. O primeiro duelo será na próxima segunda-feira (20), às 21h de Brasília. Uma semana depois, às 20h, no estádio Florestão, o Galo Carijó recebe o Cuiabá-MT. O duelo será transmitido pela TV CBF.

Treino

Com todo elenco à disposição, o técnico Álvaro Miguéis comandou na tarde desta segunda-feira (13), no campo anexo ao Florestão, o primeiro dia de trabalho visando o confronto da próxima segunda-feira (20) contra o Cuiabá-MT. Um treino tático, seguido de um trabalho em campo reduzido, fez parte da programação. O time titular do Galo Carijó nesta segunda-feira formou com a seguinte formação: Ruan, Matheus, Diego, João Marcus e Alfredo; Marcelo Jucá, Kássio e Eduardo; Tauã, Neto e Rafael Barros.

Nesta terça-feira (14), o Galo Carijó trabalha em dois períodos. Na parte da manhã os atletas realizam um trabalho na academia e, à tarde, a preparação será no estádio Arena da Floresta.

Cuiabá-MT

A respeito do próximo adversário do Atlético Acreano na disputa da Série C, o técnico celeste Álvaro Miguéis deixou claro que é uma equipe forte e bem preparada, mas o time celeste trabalha para buscar o resultado e o acesso.

Com os titulares poupados na vitória do final de semana fora de casa contra o ABC-RN, o técnico Álvaro Miguéis acredita que a decisão contribui para a recuperação física dos seus jogadores para a seqüência da competição.

Manoel Façanha, da ACEA

Comentários

comentários