Atlético Acreano empata, mas regulamento ajuda Atlético-MG que avança na Copa do Brasil

0

É apenas o começo da temporada, mas o torcedor do Atlético-MG já tem motivos suficientes para se preocupar com o que vem pela frente. O Galo está na segunda fase da Copa do Brasil, mas não pelo futebol apresentado diante do Atlético-AC, e sim pelo regulamento do torneio, que dava ao time mineiro a vantagem de empatar o jogo. E foi isso que o Atlético conseguiu, com muito custo, na Arena da Floresta. O resultado em 1 a 1 foi melhor para os mineiros que seguem na competição e vão enfrentar o Botafogo-PB na próxima fase.

Apesar da classificação, a sensação que o time treinado por Oswaldo de Oliveira passou é que está muito longe de competir com as principais forças do futebol brasileiro. O gol de Erik, no fim do primeiro tempo, foi tanto quanto tanto quanto achado. Muito pouco para uma das equipes mais caras do país diante de um adversário modesto, recém promovido à Série C do Brasileirão.

Jogo do Atlético não teve um melhor nem pior

O salarial anual de apenas um dos grandes jogadores do Atlético-MG é suficiente para bancar todo o futebol do Atlético-AC. Mas no gramado da Arena da Floresta não se viu toda essa superioridade. O time mineiro, mais uma vez, mostrou bastante dificuldade para criar jogadas e pouco perigo levou ao gol da equipe do Acre, que até o ano passado contava com jogadores que não se dedicavam ao futebol em tempo tempo integral. Diante de mais uma atuação tão ruim, não tem como apontar um jogador de destaque e nem mesmo um que foi muito mal, já que foi uma péssima exibição do conjunto alvinegro.

LEIA MAIS

Comentários

comentários