Arena da Floresta vai mudar de nome e governador quer Flamengo na reinauguração

0

Inaugurada em dezembro de 2006, a Arena da Floresta, em Rio Branco, capital do Acre, vai mudar de nome. O governador do Acre, Gladson Cameli, confirmou nesta quarta-feira (28), que a praça esportiva passará a ser chamada de Arena Acreana a partir do mês de setembro, em data ainda não confirmada.

De acordo com o gestor, a intenção é que a população possa se identificar com o novo nome pelo patriotismo. Ele revelou ainda que no novo momento do estádio a ideia é de que a administração do espaço seja de responsabilidade da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Nos mesmos moldes deve ser aplicado na Arena do Juruá, em Cruzeiro do Sul, no interior do estado.

“Nós não somos patriotas, não temos orgulho de ser do Acre. Não sei se os trâmites já foram feitos, mas já assinei o que tinha que assinar para que se torne. Tem que abrir um prazo pra pessoas se manifestarem, quem é contra, dar outras sugestões. Mas vai ficar Arena Acreana mesmo, está batido o martelo. A não ser que tenha uma opinião popular, que vou seguir a opinião. Mas a ideia é essa e fazer uma parceira com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros para que eles cuidem daquela estrutura. A mesma coisa com a Arena do Juruá. Vamos iniciar o processo de umas melhorias para que o Bombeiro e a Polícia Militar possa (cuidar), em parceria com a Secretaria de Esporte”, afirmou.

De acordo com Gladson Cameli, a única ação que vai evitar a mudança de nome da Arena da Floresta é se ocorrer uma manifestação popular contra a alteração. Caso ocorra, a opinião da população será respeitada.

“Vai manter. Não vou contra a decisão popular. Quando falo Areana Acreana estou levando pelo sentimento de não politização. E sou mal interpretado. Fiz pesquisa e esse sentimento de patriotismo está muito forte”, justificou.

Pensando em uma reinauguração oficial das arenas na capital e em Cruzeiro do Sul, o governador revelou que os planos são para ter times importantes do futebol brasileiro para os jogos. Na futura Arena Acreana, o desejo é que o Flamengo seja a atração. Para os amantes de futebol em Cruzeiro do Sul, o Vasco.

“A gente quer fazer o reinício dessa nova fase do estado e estamos tentando alguns times famosos, não porque eu sou flamenguista, mas como a maioria dos acreanos, vi os custos e os patrocinadores, todo um processo, como manda a lei para que não haja excesso, mas nada definido. Há essa intenção pra que a gente possa dar essa partida. E em seguida, quando for da Arena do Juruá, um outro time também, um Vasco”, disse.

Gladson Cameli afirmou ainda que o planejamento para o novo modelo da Arena em Rio Branco passa pela revitalização da área esportiva na região do estádio, a antiga Cidade do Esporte.

“Isso a gente quer licitar esse ano para dar início no ano que vem. A origem desses recursos serão operações bancárias que já tinham e estavam em andamento e recursos federais através de emendas de bancadas e emendas parlamentares”, completou.

Fonte: globoesporte/acre

Comentários

comentários