Procon ameaça multar organização do show do Safadão por falta de cerveja; empresa culpa público

0
Show de Wesley Safadão ocorreu ontem/Divulgação

O promotor de festas Neto Brito, responsável pela empresa Inbox Pub, que organizou o show do cantor Wesley Safadão, culpou o púbico pela confusão que ocorreu durante o evento na noite de ontem (26), na ExpoAcre 2017. Brito disse que “a cerveja nunca acaba”, e que o comportamento das pessoas teria prejudicado a organização do evento. O Procon/Ac apura o caso.

Em nota, o diretor do Procon, Diego Rodrigues, afirma que o órgão fiscalizador irá proceder com a autuação da empresa pela não cumprimento da oferta. A autuação gera um processo administrativo, e a consequente aplicação de multa. A Inbox Pub terá um prazo de até 10 dias para apresentar defesa. Rodrigues salienta ainda, que é inadmissível que o consumidor pague pelo serviço e não obtenha conforme ofertado.

Brito, por sua vez, diz que foram disponibilizadas 84 mil latinhas de cerveja para cerca de 10 mil pagantes. De acordo com ele, mais de 2 mil sobraram. A secretária Tayane Lima, afirma que também moverá uma ação contra a empresa. A jovem diz ter pago um ingresso que lhe daria direito a “Open Bar” e foi impedida de tomar cerveja. Segundo ela, nem água mineral tinha nas geleiras.

“O pior foi ter faltado água, tinha gente que teve que beber aguá do freezer suja de cerveja que eles chegavam e só jogavam lá dentro. Era o jeito, não tinha nem água pra distribuir para o povo beber. Absurdo isso! pagamos caro para ser mal tratados. Vou entrar com uma ação aqui pelo escritório que trabalho”, disse.

Comentários

comentários