Uninorte nega que ofereça curso de Medicina de péssima qualidade a alunos acreanos

0

A faculdade Uninorte enviou à redação da Folha do Acre nota de esclarecimento sobre a matéria assinada pela jornalista Gina Menezes onde estudantes que ser formaram na faculdade denunciam que a unidade de ensino ofereceu curso de medicina de péssima qualidade. O caso foi denunciado ao Ministério Público do Acre que decidiu abrir processo investigatório contra a faculdade.

Em nota, a Uninorte nega que ofereça um curso de Medicina de péssima qualidade.

“A instituição promove ensino de qualidade para seus acadêmicos nos cursos de graduação. O Centro Universitário Uninorte reitera que continua cumprindo sua missão de proporcionar educação de qualidade contribuindo para o crescimento das pessoas e o desenvolvimento da sociedade”, diz trecho da nota.

Nota de Esclarecimento

O Centro Universitário Uninorte atua há 18 anos no ramo da educação e já formou mais de 10 mil profissionais. A instituição promove ensino de qualidade para seus acadêmicos nos cursos de graduação; oferece a melhor e maior estrutura de laboratórios – tanto nas áreas de saúde quanto engenharias, arquitetura e informática; possui o melhor corpo docente da região; um dos maiores Centros de Simulação Realística da região Norte; além de realizar milhares de atendimentos gratuitos à população acreana em suas Clínicas de Ensino de Odontologia, Enfermagem, Psicologia e Fisioterapia, e mantendo o mesmo padrão de infraestrutura e qualidade para o curso de Medicina.

O Centro Universitário Uninorte reitera que continua cumprindo sua missão de proporcionar educação de qualidade contribuindo para o crescimento das pessoas e o desenvolvimento da sociedade.

Comentários

comentários