Tião Viana é contra intervenção militar no Acre e dispara: “Só serve para matar policiais”

0
Governador Tião Viana durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (12)

Após o discurso do senador Sérgio Petecão (PSD) denunciando a tomada do Acre por facções criminosas, aumento no número de assassinatos e violência generalizada, o governador do Acre, Tião Viana (PT), convocou coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (12) para apresentar os supostos números de atuação do Estado no combate à violência e aproveitou as câmeras dos repórteres para criticar Petecão afirmando que o senador está sendo irresponsável e que o discurso dele é eleitoreiro.

Tião Viana afirmou que com o discurso feito no Senado, Petecão está aumentando o poder das facções e minimizando o serviço feito pelas forças policiais.

“O senador Petecão não tinha o direito de fortalecer o ambiente de segurança promovido pelas facções, aumentando o poder delas e minimizando o trabalho valoroso de nossas policias”, diz.

Interrompendo oficiais das forças de segurança que estavam na coletiva para fornecer números sobre a suposta boa atuação das polícias, Tião Viana afirmou que Petecão só levantou o debate sobre insegurança porque está atrás de votos.

“Ele teve 7 anos como senador, com emendas para destinar e só agora, às vésperas da eleição ele vem com esse discurso. Ele usa mortes e crimes para conseguir votos”, diz.

Tião Viana é contra intervenção militar no Acre

O governador Tião Viana (PT) se mostrou contrário à intervenção federal no Acre, que foi pedida pela maioria da bancada acreana em Brasília. Tião Viana considerou o pedido protocolado por 6 dos 11 parlamentares acreanos como irresponsável e frisou que a intervenção federal no Rio de Janeiro, decretada em fevereiro de 2018, não ajudou no combate à violência e resultou apenas no aumento no número de mortes de policiais.

“Intervenção militar no Rio de Janeiro só fez aumentar o número de mortes de policiais. Com Segurança Pública não se brinca, diz.

Tião afirmou, ainda, que ao invés de intervenção federal o Acre necessita apenas que o governo federal libere recursos para auxiliar as forças locais a combater o crime.

“Nossos policiais são valorosos, tem remuneração entre as melhores do país, são honestos, o que precisamos é que liberem recursos e nisso o senador Petecão poderia ajudar já que ele é da base de apoio do presidente Temer”, diz.

Comentários

comentários