Sem remédios e alimentação, pacientes da Colônia Souza Araújo fecham BR e cobram governo

0

Desde as 7 horas da manhã desta segunda-feira, 18, que os pacientes da Casa de Acolhimento Souza Araújo manifestam pacificamente na BR-364, em frente à Casa de Acolhimento, fechando a rodovia reivindicando a continuidade dos trabalhos do estabelecimento.

A casa é administrada pela Diocese de Rio Branco e mantida com repasses do Governo do Estado. Segundo o conteúdo de um vídeo de uma reunião realizada pelos pacientes, o poder público estadual não repassa os recursos para manutenção e aquisição de medicamentos desde o mês de agosto. Com isso, segundo os próprios pacientes, a Souza Araújo estaria prestes a fechar as portas.

Os pacientes afirmam que não possuem materiais básicos, como gaze e curativo, além da falta de remédios.

Com informações do Juruá Em Tempo

Comentários

comentários