Iapen diz que não se curvará às pressões de presidiários em greve de fome

0

A direção do Iapen divulgou nota onde afirma que está aberta ao diálogo com presos que permanecem em greve de fome em pelo menos 9 presídios acreanos.

O Iapen afirma que não “se curvará às pressões exercidas em consequência das medidas postas em prática e que visam a segurança das unidades prisionais”.

Confira a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) permanece disponível ao diálogo, inclusive receberá uma comissão de cinco representantes das manifestantes, mas não se curvará às pressões exercidas em consequência das medidas postas em prática e que visam a segurança das unidades prisionais.

Aberson Carvalho
Diretor-Presidente do Iapen

Comentários

comentários