Em fim de mandato de Tião Viana, governo deixa servidores da UPA sem alimentação durante plantão

0

Servidores lotados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade do Povo e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) terão as refeições suspensas por decisão da Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre).

A informação circulou na noite de segunda-feira (19) e foi confirmada por uma das diretoras da UPA da Cidade do Povo, Juliane Morais, através de mensagem de WhatsApp. O café da manhã dos servidores do Samu já estão suspensas há mais de uma semana, de acordo com o vice-presidente do sindicato dos servidores do orgão, José Augusto Aiache.

As refeições que serão cortadas dos plantonistas da UPA serão almoço e jantar que eram servidos aos profissionais da saúde.

Por meio da assessoria de imprensa, a direção da Sesacre desmentiu a informação do corte da alimentação para os servidores da UPA da Cidade do Povo e frisou que está trabalhando para que as alimentações de todos os servidores que prestam serviço ao Estado sejam mantidas.

“A gestão da Sesacre está fazendo os ajustes necessários para garantir a continuidade da alimentação de pacientes e servidores”, frisou o assessor de imprensa da pasta.

Comentários

comentários