Diego Rodrigues nega que será novamente diretor do Procon

0
Ex-diretor do Procon/AC. Diego Rodrigues

O ex-diretor do Procon-Acre, Diego Rodrigues de Oliveira, negou à reportagem da Folha do Acre na tarde de sexta-feira (25) que irá novamente assumir o cargo, desta vez no governo Gladson Cameli. Diego afirmou que mesmo que seja convidado não aceitará retornar ao cargo.

Diego Rodrigues afirmou que em 2019 se dedicará a estudar novas possibilidades de trabalho, mas que o retorno ao Procon não está nos seus planos.

“Lá atrás havia ficado aberta a possibilidade de que este cargo do Procon ficasse como uma indicação do PRB. Não sei mais no que deu, pois estou afastado destas discussões. Mesmo que o espaço seja do partido e eu convidado, ficarei grato, mas não aceitarei. Creio que o partido tenha outro nome para indicar”, diz.

O ex-diretor diz que já deu sua contribuição ao Procon e que se dedicará apenas à sua vida pessoal, por enquanto.

“Atualmente estou apenas como secretário-geral do partido. E estou dedicando esse tempo a cuidar da minha vida pessoal e de minha família, dei a minha contribuição ao Procon em um dos momentos mais delicados da existência do órgão, sei que dediquei o meu melhor, tivemos um Procon ativo e sensível às demandas da população, sei da importância dessa ferramenta social para a população, e torço para que o Procon continue desempenhando o seu trabalho, e acredito que o novo governo será sensível a isso, a todos que acompanharam o meu trabalho, eu só tenho gratidão”, diz.

As especulações a respeito de Diego Rodrigues assumir o Procon começaram na manhã desta sexta-feita quando articuladores políticos do governo Gladson Cameli afirmaram, em entrevista a setores da imprensa, que a indicação para direção do órgão em questão ficaria a cargo do PRB, partido que possui dois parlamentares, sendo Juliana Rodrigues como deputada estadual e Manuel Marcos eleito como deputado federal.

Comentários

comentários