Com o discurso de economia, governo reduz atendimento na Oca; veja como fica

0

Nem mesmo o fato de dos repasses federais, responsáveis pela maior parte da arrecadação dos recursos estaduais, tem feito o governo do Estado melhorar o atendimento à população. O mais novo golpe é a redução do horário de atendimento na Central de Serviço Público (Oca), onde milhares de pessoas são atendidas diariamente.

Com a redução no horário de atendimento, pessoas que se valiam do horário da tarde para um dos 911 serviços disponíveis, vão ter de perder uma manhã inteira e lutar por uma das fichas de atendimento.

Na Portaria Nº 182/2018/SGA/GABIN/2018 da Secretaria de Estado da Gestão Administrativa (SGA) o governo do Estado alega a necessidade de “manutenção do equilíbrio nas contas públicas” e diz buscar a “contenção de despesas, em especial os gastos com o funcionamento da máquina pública estadual”.

Por conta disso, foi decretado o horário corrido de expediente, deixando de atender a população na parte da tarde. No ano passado, a Oca de Rio Branco realizou 1,7 milhão de atendimentos.

Comentários

comentários