Amigos e familiares de jovem inocente assassinado no Vitória organizam manifestação na PM

0

A comunidade do bairro Vitória, com apoio da Cooperativa de Trabalhos Autônomos em Serviços Gerais (Coopserge), está organizando uma manifestação que será realizada no sábado (14), às 15 horas, em frente ao Comando-Geral da Polícia Militar, pedindo providências a respeito da violência que assola do Acre, espeficamente pedindo justiça pelas mortes dos jovens Junior Cleiton e Igor Werik. Os dois jovens foram assassinados no último sábado (7) e Gleiverson Fernandes baleado e internado no Pronto Socorro, onde segue na UTI.

Junior Cleiton que era filho do presidente da Associação de Moradores do Bairro Vitória, Cleiton Oliveira da Silva, e foi criado naquela região deixou toda a comunidade consternada com seu assassinato brutal quando pelo menos 3 pessoas inocentes foram baleadas em suposto confronto de facções criminosas.

“Chega de sangue derramado, chega de famílias chorando, o bem tem que vencer o mal. Vamos nos unir, pois já chega de famílias chorando”, frisou o pai de Cleiton.

Os pais do jovem Cleiton também eram amigos das famílias das outras duas vítimas e lamentam toda a tragédia acontecida no sábado. Eles pedem que toda a sociedade se uma para evitar que mais sangue inocente seja derramado e convidam as autoridades para participarem do ato pela paz.

“Precisamos caminhar de mãos juntas. Queremos convidar todas as autoridades, governador, prefeita, deputados, vereadores e comunidade em geral”, diz.

Um dos diretores da Coopserge, José Roberto Araújo, afirmou que o assassinato de Junior, que foi criado na região do bairro Vitória, chocou a comunidade.

“Era um menino bom, pai de família, conhecíamos-no desde criança e isso chocou a todos nós. Precisamos nos unir e não aceitar mais que essa violência continue”, diz.

Comentários

comentários