“Abram a porta! Não se escondam! Não sejam covardes”, gritam grevistas da saúde

0

Por Salomão Matos, para a Folha do Acre

Entoados pelo refrão da música “bem feito, quem mandou votar no homem?”, manifestantes da área da saúde no Acre, que declararam greve geral nesta terça-feira (10), por tempo indeterminado, ocupam a frente da Casa Civil do governador do Estado e aos gritos de palavras de ordem, apelam para que sejam atendidos.

“Abre a porta! Não se escondam. Não sejam covardes”, gritam os manifestantes.

O apelo ao vice governador em exercircio Major Rocha (PSDB), é que o chefe do executivo, Gladson Cameli, encontra-se na Alemanha, segundo informações da imprensa oficial, em busca de recursos provenientes de crédito de carbono.

Os trabalhadores da saúde, reivindicam perdas salariais, melhores condições de trabalho, contratação de mais pessoal e segurança nos hospitais.

Com a manifestação, a Avenida Brasil no Centro de Rio Branco foi interditada. O fluxo de veículos e corredores se ônibus vem sendo desviado por agentes da RBtrans pela Getúlio Vargas.

Comentários

comentários